Futebol na Rede

  • G+
  • Facebook
  • Twitter
  • Feed

Cruzeiro

- Site oficial do Cruzeiro |

Brasileirão Série A | Cruzeiro

Rafael Marques projeta recuperação celeste em jogo contra o Bahia

Rafael Marques projeta recuperação celeste em jogo contra o Bahia
Foto: Alisson Guimarães/Site oficial do Cruzeiro

O Maior de Minas segue com sua preparação para o jogo contra o Bahia, marcado para quinta-feira, às 21h, na Arena Fonte Nova, em Salvador. A partida é válida pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro e será uma boa oportunidade para o Cruzeiro buscar mais um bom resultado fora de casa. Na opinião do atacante Rafael Marques, o jogo em território baiano é de grande importância para o Clube tentar se manter nas primeiras colocações neste início de competição.
“Temos que sentir as derrotas, mas o pensamento nosso é ir à Bahia e, com todo o respeito, buscar os três pontos. Temos que nos acostumar com isso. Em alguns momentos não conseguiremos, porque do outro lado tem também jogadores com objetivos no campeonato. Temos que estar cientes no que devemos melhorar e vai melhorar”, relatou o atacante.
“Sabemos da dificuldade que é o jogo lá. O Bahia é uma equipe que está bem, que tem jogadores rápidos. Vamos procurar buscar os pontos que perdemos em casa”, completou.
O camisa 15 reiterou que o pensamento do grupo é se recuperar do revés sofrido diante da Chapecoense, no Mineirão, e garantiu que os atletas estão focados na reabilitação.
“Precisamos ter a cabeça tranquila. Sabemos da nossa responsabilidade e que não foi o jogo que queríamos, principalmetne por ser dentro do Mineirão. Com o nosso objetivo de brigar na ponta da tabela e pelo título, temos que fazer o dever de casa. Fica o gosto amargo, ainda mais vendo o jogo depois. Sempre vejo para ver o que errei, o que fiz de positivo ou o que posso melhorar”, reconheceu o camisa 15.
Na avaliação de Rafael Marques, pelo fato do Cruzeiro se tratar de um clube gigante, sempre haverá uma cobrança no sentido de que a equipe esteja brigando por maiores pretensões e os jogadores têm consciência disso e sabem da importância da parceria com o torcedor.
“A pressão é normal. Estamos acostumados e calejados com isso. Espero que a torcida entenda também. É importante a torcida estar do nosso lado, porque é o 12º jogador. Sabemos da força que tem nossa torcida quando ela nos apoia”, elogiou. 

MAIS NOTICIAS - CRUZEIRO