Futebol na Rede

  • G+
  • Facebook
  • Twitter
  • Feed

Flamengo

- Site oficial do Flamengo |

Brasileirão Série A | Flamengo

Dourado marca e Flamengo sai na frente na Copa do Brasil contra a Ponte Preta

Rubro-Negro traz para o Rio a vantagem do empate nas oitavas de final

O Flamengo começou bem sua caminhada na Copa do Brasil, nesta quarta-feira. Jogando no Moisés Lucarelli, em Campinas, o Mengão derrotou a Ponte Preta por 1 a 0 na partida de ida das oitavas de final e trouxe para o Rio de Janeiro a vantagem. O gol foi marcado por Henrique Dourado, ainda no primeiro tempo. No próximo dia 10 de maio, as equipes se encontrarão novamente, desta vez no Maracanã, para decidir quem passa às quartas.
 
Autor do gol, Dourado elogiou a postura da equipe no primeiro tempo, segurando a Ponte em seu campo e ignorando o estádio totalmente tomado pela torcida do time campineiro. 
 
"É sempre bom marcar gols. Mas o mais importante são as vitórias.
 
Conseguimos anular o adversário, fizemos o que o professor nos pediu. O importante é sempre ajudar o Flamengo", comentou o artilheiro na saída para o vestiário. Dourado fez seu nono gol com o Manto Sagrado, em 16 jogos. 
 
Com a lesão de Diego, o técnico Mauricio Barbieri mandou a campo uma equipe modificada. Geuvânio caiu na ponta direita, com Lucas Paquetá e Everton Ribeiro se alternando na armação das jogadas no meio. E a estratégia deu certo. Nos primeiros 45 minutos, o Flamengo chegou a ter 64% de posse de bola, finalizando mais e ficando mais no campo de ataque. A Ponte usava de erros individuais para conseguir alguma coisa, mas a zaga rubro-negra estava muito bem postada e anulava o ataque paulista. 
 
Logo aos seis minutos, Léo Duarte abriu o placar após cruzamento de Rodinei, mas o zagueiro empurrou Reynaldo e arbitragem marcou falta. Mesmo com a enorme posse de bola, as chances foram poucas. O time foi tocando e tocando que o Mengão chegou ao gol, em belíssima jogada coletiva. 
 
Everton Ribeiro tabelou com Rodinei, recebeu de volta e lançou Paquetá na área. O meia mandou de primeira para Dourado, que esperava livre na pequena área, só para concluir e correr para o abraço, aos 32 minutos. Com o gol, o time segurou um pouco o ímpeto e deixou o tempo passar até acabar a etapa. 
 
Os 45 minutos seguintes tiveram pouca alteração no panorama. A Ponte tentou ter mais campo, porém o Flamengo não deixava o time da casa jogar e trocar passes contínuos. Aos oito, Everton Ribeiro deu um belo chute da entrada da área, mas a bola desviou e saiu do caminho do gol. Dez minutos depois, Paquetá cobrou bem falta, mas Ivan, bem colocado, fez a defesa. Barbieri trocou Geuvânio por Jean Lucas, avançando Everton Ribeiro e dando mais oxigênio na marcação rubro-negra. 
 
Aos 33, a melhor chance da Ponte. Felippe Cardoso ficou livre na área e chutou forte, mas a bola explodiu no travessão. Na volta, o mesmo Felippe pegou o rebote e chutou, mas dessa vez foi Diego Alves que fez linda defesa mantendo o zero no placar. Em seguida, Mauricio Barbieri mexeu de novo, colocando Pará no lugar de Everton Ribeiro. E o Mengão respondeu o ataque da Ponte com muito perigo. Vinicius Junior disparou pela esquerda e, na saída de Ivan, tocou buscando o ângulo, mas a bola subiu demais e encobriu a trave. 
 
Aos 43, quase o Flamengo ampliou duas vezes. Primeiro Renê, que deu belo chute sem ângulo para grande defesa de Ivan, mandando a escanteio. Na sequência, Vinicius Junior buscou o canto do goleiro em chute rasteiro, mas a bola saiu caprichosamente para fora. Porém, não foi preciso. Um a zero e a vantagem veio na bagagem para o Rio de Janeiro. 
 
E agora?
 
Agora, o Flamengo muda o chip novamente para o Campeonato Brasileiro. Domingo, o palco será o Maracanã, para o confronto contra o Internacional, pela quarta rodada da competição, às 16h. O Mengão quer se manter líder. 

MAIS NOTICIAS - FLAMENGO