Futebol na Rede

  • G+
  • Facebook
  • Twitter
  • Feed

Cruzeiro

- Site oficial do Cruzeiro |

Brasileirão Série A | Cruzeiro

Cruzeiro: Mano acena com mudanças, mas não confirma a equipe para a estreia

Cruzeiro: Mano acena com mudanças, mas não confirma a equipe para a estreia
Foto: Washington Alves/Lightpress

Os jogadores do Cruzeiro voltaram aos treinos na tarde desta sexta-feira, na Toca da Raposa II. O próximo compromisso da equipe será na estreia do Campeonato Brasileiro, contra o São Paulo, domingo, às 16h, no Mineirão. Para iniciar a campanha na busca pelo pentacampeonato, o técnico Mano Menezes promoveu alterações no time em relação a última partida, mas não confirmou a escalação para o confronto diante do time paulista. 
"Amanhã temos mais um treino, depois do treino de amanhã vamos decidir a formação que vai enfrentar o São Paulo. Treinei com Dedé, pois tínhamos decidido algumas prioridades dentro do início do Brasileiro, era hora de fazer alguns retornos e o treino de hoje visa ajustar isso. Só vou confirmar a equipe no domingo. Mas o treino de amanhã vai definir a equipe que vai se iniciar", disse Mano. 
"Precisamos fazer bom início de campeonato Brasileiro, pois os dois anteriores foram ruins e sabemos como terminaram. A gente sabe como é importante iniciar bem as primeiras rodadas, temos longo jogo contra o São Paulo. Nosso objetivo é este, desde a primeira rodada até a última ser diferente do que fizemos nos dois últimos anos", completou. 
Além do zagueiro Dedé, outro que foi escalado entre os titulares nesta sexta foi o atacante Alisson. O jogador ocupou a vaga do meio-campo Thiago Neves, poupado do treino, e pode aparecer na partida diante do São Paulo. 
"Mesmo que o futebol desminta a gente as vezes, a gente tenta ser coerente. Minha preferência é por jogador com mais característica de meia na extremidade e outro de mais velocidade na outra extremidade. O time precisa desta válvula de escape. Bem provável que o Alisson seja o escolhido para ser titular nos próximos jogos para fazer esta função", finalizou. 

MAIS NOTICIAS - CRUZEIRO